Pages


segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

O QUE GERALDO ALCKMIN COTADO PARA SER VICE DE LULA, FALOU SOBRE O PETISTA

Por ipuemfoco   Postado  segunda-feira, dezembro 20, 2021   Sem Comentários



ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, que se desfilou na semana passada do PSDB, está em negociação

para integrar chapa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleiçoes de 2022. 


Todavoa, após jantar entre os políticos neste domingo, 19, os três filhos políticos do presidente Jair Bolsonaro foram às redes sociais para lembrar que a relação entre o petista e o ex-tucano nunca foi tão harmônica. 


Como adversário de Lula nas eleições presidenciais de 2006 e na pré-campanha eleitoral de 2017, Alckmin não poupou ataques ao que pode ser seu futuro parceiro de chapa. O POVO listou algumas das manifestações.


"Chefe de quadrilha"

Em 2006, no período de campanha, Alckmin disse que, diferentemente de Lula, ele não “convivia com o crime” e acusou o ex-presidente petista de “chefe de quadrilha” em relação ao escândalo do mensalão. Segundo o então candidato tucano, "o que os brasileiros viram nos últimos anos não tem paralelo na história - nunca houve tanta desfaçatez e tanto banditismo em esferas tão altas da República".


“Que tempos são esses em que um procurador-geral da República denuncia uma quadrilha de 40 criminosos que tem na lista ministros, auxiliares e amigos do presidente? Que tempos são esses em que cada vez que ouvem uma notícia sobre a quadrilha dos 40, os brasileiros pensam automaticamente em silêncio: ‘e o chefe, onde está o chefe, o líder dos 40 ladrões’”, disse o ex-governador em um comício em Minas Gerais, em 2006.


No mesmo ano, Alckmin disse que o PT tinha associação com o PCC em São Paulo. Ele chamou Lula de “fujão” e “covarde” por não aparecer em um debate após as primeiras reportagens sobre o mensalão. 


“Há indícios, sim [de associação]. Basta você olhar manifestos do PCC, o que eles dizem sobre a política e coisas que se diz que eles dizem, inclusive nas gravações. Eu não diria que há provas, mas isso merece ser investigado”, disse. 


“Quer voltar à cena do crime”


Em vídeo publicado no ano de 2017, Alckmin faz ataques ao histórico de Lula. O discurso de Alckmin foi gravado em convenção nacional do PSDB, ocasião em que foi oficializado como presidente do partido. Em sua fala, ele afirmou que Lula “quer voltar à cena do crime” ao tentar retornar ao poder.


“Depois de ter quebrado o Brasil, Lula diz que quer voltar ao poder. Ou seja, meus amigos, ele quer voltar à cena do crime”, disse o então tucano. A fala também foi reproduzida nas redes sociais.

 

Na gravação, em evento de pré-campanha, Alckmin diz que os brasileiros "estão vacinados" contra o modelo lulopetista


"Vejam a audácia dessa turma. Depois de ter quebrado o Brasil, Lula diz que quer voltar ao poder, ou seja, quer voltar à cena do crime. Será que os petistas merecem uma nova oportunidade? Fiquem certos de uma coisa: nós os derrotaremos nas urnas", disse o ex-governador, que se candidatou à Presidência em 2018 pelo PSDB, amargando a quarta colocação, com menos de 5% dos votos válidos. 


Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
.
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee