Pages

terça-feira, 22 de agosto de 2017

DÓRIA DEFENDE SAÍDA DE TASSO DA PRESIDÊNCIA DO PSDB

Por Rogerio Palhano   Postado  terça-feira, agosto 22, 2017   Sem Comentários

Depois de visitar Fortaleza, na semana passada, recepcionado pelo senador Tasso Jereissati, presidente interino o PSDB e pelo empresariado cearense ligado à
Federação das Indústrias, o prefeito de São Paulo, João Dória, defende a saída antecipada do tucano cearense da presidência nacional do partido.

Em entrevista ao jornal Estado, o prefeito João Doria disse que apoia o nome do governador de Goiás Marconi Perillo para presidir o PSDB e defendeu a antecipação da convenção nacional para outubro.

De acordo com o calendário divulgado por Tasso, a convenção nacional do partido está marcada para dezembro e até lá, ele continuaria no comando da sigla. O cronograma proposto por Tasso marca as convenções municipais para outubro, as estaduais para novembro e finalmente as nacionais em dezembro.

Acossado por apoiadores do tucano Aécio Neves que defendem a permanência do partido no governo golpista, o senador Tasso Jereissati já disse a aliados que apoia a candidatura do governador Geraldo Alckmin à presidente em 2018. 


A ala do PSDB que defende o rompimento com o governo Michel Temer (PMDB) quer que Jereissati permaneça no comando do partido em caráter definitivo depois da convenção. O novo presidente do PSDB terá papel determinante na escolha do candidato presidencial.


Presidente em exercício do PSDB, o senador Tasso Jereissati (CE) disse que não renunciará ao comando do partido.
Caso o presidente licenciado da legenda, senador Aécio Neves (MG), quiser reassumir o mandato, ele cumprirá o regimento interno."Não precisa pressionar pela minha saída. Esse é um gesto unilateral do Aécio. Se ele quiser reassumir o comando do PSDB, é um direito dele. Agora, da minha parte, não vou arredar [recuar] o pé!", disse Tasso.

Para o parlamentar, há um movimento de tucanos e de governistas para tirá-lo do comando do partido. "Se Aécio quiser colocar outro vice, ele que faça isso! É só reassumir o partido e fazer a mudança", ressaltou.

O motivo para tal mudança seria a propaganda do PSDB, que critica o "presidencialismo de cooptação" e cujo conteúdo foi coordenado por Tasso.
2/47

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee