Pages


quinta-feira, 21 de novembro de 2019

CASO MARRIELLE FRANCO; PORTEIRO MUDA DEPOIMENTO

Por ipuemfoco   Postado  quinta-feira, novembro 21, 2019   Sem Comentários

                                   

O porteiro do condomínio Vivendas da Barra, onde mora Jair Bolsonaro e que citou o nome de Jair Bolsonaro como o
responsável por ter autorizado a entrada de um dos acusados da morte de Marielle Franco, mudou a versão que deu em dois depoimentos anteriores à Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Depois de mais de quarenta dias de seu depoimento e de ter sido ameaçado de prisão com a Lei de Segurança Nacional, o porteiro do condomínio Vivendas da Barra, onde mora Jair Bolsonaro mudou a versão que deu em dois depoimentos anteriores à Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do O Globo, o porteiro depôs nesta terça-feira (19) à Polícia Federal e "não confirmou a versão inicial dada por ele".

Ainda de acordo com o jornalista, a PF não conseguiu apontar se o porteiro se confundiu ou se foi pressionado a citar “Seu Jair” em seus depoimentos anteriores — e, se houve pressão, de quem partiu. 

A PF, sob o comando de Sergio Moro, já não trabalha com a hipótese dele ter sido pressionado a mudar a versão, já que nos dois depoimentos anteriores, nos dias 7 e 9 de outubro, o porteiro do condomínio onde Bolsonaro tem casa disse ter ouvido uma autorização do "seu Jair" para que um dos acusados da morte de Marielle Franco entrasse no Vivendas da Barra.

Vale lembrar que antes desse depoimento à PF, a foto e o nome do porteiro foi capa da revista Veja, colocando em risco a vida dele e de sua família.247

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
.
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee