Pages

terça-feira, 24 de julho de 2018

''DOBRADINHAS'' DE DEPUTADOS IGNORAM DIVERGÊNCIAS PARTIDÁRIAS

Por Rogerio Palhano   Postado  terça-feira, julho 24, 2018   Sem Comentários



Deputados estaduais e federais apostam nas “dobradinhas” em alguns municípios do Estado para atrair votos no pleito deste ano. No entanto, a questão ideológica nem sempre é levada em consideração nas composições, visto que, muitas vezes, lideranças locais defendem postulações antagônicas do ponto de vista político e partidário.

A deputada estadual Fernanda Pessoa (PSDB), que na maioria dos municípios estará em palanques ao lado do pai, o pré-candidato a deputado federal Roberto Pessoa (PSDB), por exemplo, também estará com os federais José Airton Cirilo (PT), em Icapuí e Aracati, e Moses Rodrigues, em Aratuba.

“É a primeira vez que eu faço dobradinha com o Zé Airton, mas na maioria dos locais eu estarei ao lado do meu pai. O Zé Airton é líder naquela região”, explicou.

A deputada Rachel Marques (PT), apesar de participar de “dobradinhas”, em sua maioria, com petistas, também estará “dobrando” com Osmar Baquit (PDT), em Quixadá, e com Renato Roseno (PSOL), em Santa Quitéria e Sobral. 

Segundo ela, isso deve acontecer por conta do apoio de setoriais do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) às candidaturas do PT e do PSOL. “Em outras brigadas, nós estaremos com o deputado Elmano de Freitas”, citou.

Renato Roseno, por outro lado, negou que estivesse “dobrando” com Rachel em alguns municípios. O que existe, disse ele, é apoio em comum do movimento. “Nós do PSOL, em geral, fazemos campanhas com candidatos do PSOL, e os candidatos do PT fazem o mesmo”, justificou. 

Outro caso semelhante é do deputado Roberto Mesquita (PROS), que participará de eventos de campanha com o pré-candidato a deputado federal, Capitão Wagner (PROS). No entanto, em algumas cidades, a “dobradinha” será com Mauro Filho, da base governista.

Há deputados, no entanto, que dizem que trabalharão de forma isolada, caso de Walter Cavalcante (MDB). Isso porque, segundo ele, a maioria dos nomes apresentados tem pautas que vão de encontro aos dogmas da igreja. Heitor Férrer (SD) disse que também deve percorrer municípios sozinho.

Dedé Teixeira (PT) deve “dobrar” com os pré-candidatos Odorico Monteiro (PSB), José Guimarães (PT), Rachel Marques (PT) e Robério Monteiro (PDT). Totonho Lopes, Mauro Filho, José Airton Cirilo e André Figueiredo estarão em palanques com o líder do Governo Camilo na Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT).

Escolha

José Sarto (PDT) disse deixar a liderança local à vontade para apoiar qualquer nome a deputado federal. Geralmente, ele leva em consideração as orientações de Ciro Gomes e Roberto Cláudio e, por isso, em Fortaleza, a “dobradinha” deve ser com Mosiah Torgan (PDT), filho do vice-prefeito Moroni Torgan (DEM).

Em muitos municípios, Osmar Baquit terá “dobradinhas” com Rachel Marques e Mauro Filho, ambos da base governista de Camilo. No entanto, em Piquet Carneiro, a possibilidade é de proximidade com Danilo Forte, do PSDB. Elmano de Freitas vai “dobrar” na maioria dos municípios com a pré-candidata à reeleição Luizianne Lins (PT).

Já Capitão Wagner terá “dobradinhas”, na maioria, com militares, comerciantes e médicos, a maioria do PROS. Ele também estará com Carlos Matos (PSDB) em alguns municípios.Por William Santos/Edison Silva

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee