Pages

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

BASE ALIADA RACHADA NA CANDIDATURA DE EUNÍCIO OLIVEIRA

Por Rogerio Palhano   Postado  segunda-feira, setembro 10, 2018   Sem Comentários


Apesar do alinhamento total entre Camilo Santana (PT) e o senador Eunício Oliveira (MDB), diversos deputados da base governista descartam apoiar o emedebista na eleição deste ano. 

Na Assembleia, até parlamentares que dizem em público serem simpáticos à reeleição de Eunício estão, nos bastidores, trabalhando apenas com Cid Gomes (PDT) como candidato ou até apoiando nomes de outras siglas.

Oficialmente apoiando apenas Cid, o deputado Bruno Pedrosa (PP) tem participado de eventos no Interior com presença de santinhos do candidato ao Senado Luís Eduardo Girão (Pros), adversário de Eunício. 

O mesmo ocorre em atos de Eduardo Bismarck (PDT), filho do prefeito de Aracati, Bismarck Maia, e um dos principais nomes da chapa proporcional da base aliada.

Questionados sobre o segundo voto para o Senado, deputados do PT destacam não possuir "qualquer obrigação" com Eunício. Já outros, como Carlos Felipe (PCdoB), afirmam ter gratidão pelo apoio prestado pelo emedebista ao governo, mas dizem possuir "dificuldades" em apoiar o senador. 

Tudo por conta da ligação de Eunício com o impeachment de Dilma Rousseff (PT) e o governo Michel Temer (MDB).

Aliados de 1ª hora de Eunício em público, deputados do PDT têm "lealdade" a Eunício questionada por aliados. "Isso é conversa. Está todo mundo trabalhando mesmo só pela campanha do Cid. Até porque falta a campanha do MDB chegar junto", diz um deputado, que não quis ser 


SEM ELBA

Ainda na disputa pelo Senado, chapa de Eunício Oliveira entrou na Justiça contra uso de imagens da cantora Elba Ramalho em apoio a Luís Eduardo Girão. Elba é parceira de Girão em ações contra o aborto, como a "Marcha pela Vida". Em 2014, Eunício esteve do outro lado de disputa parecida, sendo impedido de veicular imagens de apoio do cantor Wesley Safadão.

Candidatos desistem

Cinco políticos de base política significativa no Ceará desistiram de buscar mandatos neste ano. O deputado federal Vicente Arruda (PR), integrante de tradicional família de Granja, desistiu de concorrer à reeleição após romper com base do ex-prefeito Romeu Aldigheri. 

Já a ex-secretária e deputada estadual Miriam Sobreira (PDT) desistiu de buscar mandato federal. Ela apoiará o filho, Marcos Sobreira (PDT), para a Assembleia.

O deputado estadual de oposição Roberto Mesquita (PP) também largou a disputa, e deve apoiar uma série de nomes, inclusive alguns aliados ao governo. O ex-deputado Paulo Facó (Patri) sai da disputa para apoiar Júnior Mano (Patri). Ruthmar Xavier (PR), esposa do ex-vereador Machadinho Neto, também desistiu da disputa.

Fogo amigo

Diversos deputados estaduais estão incomodados com a crescente "invasão" de secretários de governo em suas bases eleitorais no Interior. Braço direito do prefeito Roberto Cláudio, o candidato a deputado estadual Queiroz Filho lidera o "ranking" de reclamações.O POVO

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee