Pages

sexta-feira, 1 de junho de 2018

CADA QUAL NO SEU QUADRADO

Por Rogerio Palhano   Postado  sexta-feira, junho 01, 2018   Sem Comentários


Sem plano municipal de gestão dos resíduos sólidos, Jijoca de Jericoacoara despeja os entulhos em dois terrenos próximos à Comunidade do Baixio (entre Jijoca e Cruz).
 
O POVO esteve no lugar no último dia 29 de junho (o acesso é pela rodovia CE-085) e viu muitos plásticos, vidros e orgânicos descartados incorretamente. Pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (lei 12.305/10), lixões não são permitidos no País desde 2014.

O prefeito de Jijoca, Lindbergh Martins, diz que o Município aguarda pacto com o Governo do Estado para elaborar o plano. “Jericoacoara tem vários problemas e esse é um deles. Todos nós sabemos”, reconheceu. “Existiam histórias de consórcios, mas isso não caminhou, e a gente está dependendo do Estado”

Por dia, segundo a assessoria de gabinete da Prefeitura de Jijoca, só a Vila de Jericoacoara produz cerca de 30 toneladas de resíduos sólidos (15 toneladas de úmidos e outras 15 de recicláveis).

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) reconhece que a usina de reciclagem de Jericoacoara faz um “trabalho pontual” e comunicou, por nota, que mantém diálogo com a Prefeitura de Jijoca para institucionalizar ações de limpeza. O “primeiro fruto” da parceria, segundo o órgão, é a entrega de um caminhão compactador de resíduos nesta terça-feira, 11.

As primeiras 40 lixeiras públicas da vila ainda estão, segundo Martins, sendo licitadas. “Não é simplesmente uma lixeira, ela é toda adaptada no estilo de Jericoacoara”, justificou o gestor. Ele acredita que elas devem chegar até o fim deste mês. Já a respeito da coleta, disse que foram contratados 20 funcionários para fazer a limpeza diária da vila e outros três para cuidar, exclusivamente, da praia.

Esgoto

O POVO também esteve na estação de tratamento de esgoto de Jijoca, lugar que o presidente da ONG Lagoa Viva, Francisco Teixeira Brandão, o Das Chagas, considera ser “a maior bronca ambiental”. A estação consiste em três poços localizados num terreno alto, bem próximo à Jijoca. 

“Quando é inverno, ele (o esgoto) tá transbordando e essa água volta pra lagoa (Azul e do Paraíso, Área de Proteção Ambiental de Jeri) onde vocês tomam banho”, alerta. (Luana Severo)

RP;MATÉRIA DE 2017, O QUE MUDOU????

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee