Pages

quinta-feira, 24 de maio de 2018

CAMINHONEIROS AMPLIAM NÚMERO DE BLOQUEIOS NAS RODOVIAS DO CEARÁ NO QUARTO DIA SEGUIDO DE PROTESTOS

Por Rogerio Palhano   Postado  quinta-feira, maio 24, 2018   Sem Comentários

Motoristas de caminhão ampliaram os bloqueios nas rodovias federais do Ceará nesta quinta-feira (24), quarto dia seguido de protestos contra o aumento do preço do combustível. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dez trechos estão fechados no estado, até as 10h19.

Caminhoneiros autônomos protestam desde segunda-feira (21) no Ceará e em outros estados do país. Os profissionais reclamam do aumento no preço do diesel e também reivindicam um reajuste nos valores recebidos pelos fretes.

Na Região do Cariri, a greve dos caminhoneiros afetou o fornecimento de combustível para as aeronaves. De acordo com a Infraero, o Aeroporto de Juazeiro do Norte tem combustível suficiente para operar até esta sexta-feira (25).

As manifestações também prejudicaram o fornecimento de serviços como o dos Correios e no atraso na entrega de hortifrutigranjeiros na Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa), em Maracanaú, Grande Fortaleza. O transporte público não foi afetado pelos protestos, conforme o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

Nesta manhã, a PRF confirmou bloqueios em dez cidades do Ceará:

BR-116, km 18, Eusébio. Caminhões ocupam os dois senditos da via;
BR-116, km 70, Chorozinho. 850 caminhões ocupam 7 km do acostamento;
BR 116, Km 545, Penaforte. 200 caminhões ocupam ambos os sentidos da rodovia;
BR 222, km 334, Tianguá. Cerca de 100 caminhoneiros fecharam a rodovia;
BR 116, km 250, Alto Santo. Uma fila de caminhões se formou nos dois sentidos;
BR 116, KM 168, Russas. Caminhoneiros fecham a via 
desde as 17h30 de quarta-feira (23);

BR 116, km 215, Tabuleiro do Norte. Caminhoneiros fecharam um dos sentidos da via.
BR 304, km 47, Aracati. Caminhoneiros fecharam os dois sentidos da via.
BR 308, km 308, Canindé. Ocorreu uma interdição parcial com uma fila de caminhões.
BR-222, km 249, Sobral. Caminhoneiros estacionaram no estacionamento e queimaram pneus na via.
Em todos os bloqueios, os caminhoneiros autônomos impedem o fluxo de veículos de grande porte e de cargas, como caminhoneiros e carretas. Longos engarrafamentos se formaram nos trechos bloqueados, conforme a PRF.

No Eusébio
Os condutores pararam os caminhões nos dois sentidos da BR-116. A Polícia Rodoviária informou que cerca de 200 caminhoneiros participam do protesto. Um engarrafamento de cerca de 7 quilômetros se formou na rodovia.

Por volta das 8h30, um outro grupo de caminhoneiros fechou um trecho da BR-222, no município de Sobral. Eles queimaram pneus na pista para impedir a passagens de veículos de carga. A PRF foi enviada ao local para orientar o fluxo de veículos.

Somente veículos de passeio, como carros e motos, ônibus e caminhões de pequeno porte estão transitando pelos bloqueios.

Caminhões com alimentos como cenoura, cebola, uva e maçã não chegaram ao posto da Ceasa, segundo o analista de mercado da Central, Odálio Girão. Ainda segundo Girão, o atraso da entrega dos produtos no posto de Maracanaú pode gerar aumento do preço. As principais mercadorias afetas foram as vindas do Sul e do Sudeste do país.

Somente veículos de passeio, como carros e motos, ônibus e caminhões de pequeno porte estão transitando pelos bloqueios.

Caminhões com alimentos como cenoura, cebola, uva e maçã não chegaram ao posto da Ceasa, segundo o analista de mercado da Central, Odálio Girão. Ainda segundo Girão, o atraso da entrega dos produtos no posto de Maracanaú pode gerar aumento do preço. As principais mercadorias afetas foram as vindas do Sul e do Sudeste do país.
G1

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee