Pages

sábado, 28 de outubro de 2017

15 ANOS APÓS ELEIÇÃO LULA VIVE EXPECTATIVAS OPOSTAS

Por Rogerio Palhano   Postado  sábado, outubro 28, 2017   Sem Comentários


Na sexta-feira (27), o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva completou 15 anos desde que venceu sua primeira disputa para presidente da República.

Agora, a pouco menos de um ano para as eleições de 2018, o petista se defronta com um futuro de curto e médio prazo que aponta para possibilidades extremamente opostas.

Por um lado, condenado em primeira instância pelo juiz federal Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente aguarda em liberdade a confirmação ou não de sua sentença.

Por outro, o próprio Lula e seu partido o apontam como candidato a um terceiro mandato presidencial, em um contexto no qual os institutos de pesquisa mostram que ele é o líder de intenção de votos em todos os cenários. O petista já está realizando, inclusive caravanas pelo País, atualmente visitando cidades mineiras.

Tendo feito dois governos com uma ampla base de sustentação, que incluía partidos de todos os campos do espectro ideológico, mas identificado historicamente como uma das mais importantes figuras de esquerda do Brasil, Lula começou na vida política quase contra a vontade no final da década de 1960, por influência do irmão José Ferreira da Silva, o Frei Chico.

Em 1989, 1994 e 1998, Lula concorreu à presidente representando esse segmento político, tendo chegado ao segundo turno contra Fernando Collor (então, no extinto PRN; hoje no PTC), e sido derrotado duas vezes pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Contudo, em 27 de outubro de 2002, o ex-metalúrgico, tendo como vice em sua chapa o empresário José Alencar (então no PL, depois migrou para o PRB), derrotou José Serra (PSDB) no segundo turno e se tornou o presidente da República pela primeira vez.

Ainda no primeiro mandato, sofreu sua primeira grande crise política, no episódio que ficou conhecido como “Mensalão”, que consistia na compra de apoio parlamentar ao governo federal. Reeleito em 2006, o petista deixou o cargo em 1º de janeiro de 2011 com cerca de 87% de popularidade e tendo feito como sucessora a correligionária Dilma Rousseff.

No governo de sua herdeira política, foi deflagrada a Operação Lava-Jato, e o próprio Lula acabou se tornando réu em três ações daquela que é considerada a maior investigação sobre corrupção da história do País.

O petista ainda responde a outras duas ações judiciais por outros casos , tendo sido considerado culpado por ter supostamente recebido recursos ilícitos da empreiteira OAS, no caso de um apartamento tríplex situado na cidade de Guarujá (SP).

Sendo condenado também pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), ele ficaria inelegível.

Construção e mudança

Para o sociólogo Antônio Brussi, que é professor associado da Universidade de Brasília, quando Lula começou a vida política, “o grande ponto da luta sindical, em vista de uma longa tendência de declínio dos salários reais que vinha desde 1964, era tentar de alguma maneira recuperar parcialmente e de uma maneira gradativa, as perdas havidas naquele período”. Ele observa também que àquela época não existia “nenhum elemento pra dizer que o Lula de esquerda”.

Segundo Brussi, o que o então metalúrgico aspirava era “uma espécie de política reformista, que desse um pouco mais para as classes desprivilegiadas, para os pobres, para as classes subordinadas, mas sem alterar a estrutura do sistema, sem pretender que houvesse uma superação do capitalismo pelo socialismo”.

No mesmo sentido, o cientista político Francisco Moreira, lembra que enquanto sindicalista, Lula fazia “muita crítica ao Partido Comunista e à esquerda. O que ele fazia era muito uma luta dos trabalhadores mesmo. Na medida em que a liderança dele vai se evidenciando e que outros atores sociais percebem isso, principalmente, o pessoal da igreja, ele passa a ocupar um espaço que estava vazio”.
Fonte: Diário do Nordeste

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee