Pages

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

UM PARTIDO,DOIS PRESIDENTES;COMANDO DO PSB SEGUE EM DISPUTA NO CEARÁ

Por Rogerio Palhano   Postado  quinta-feira, setembro 28, 2017   Sem Comentários


Por determinação da Justiça, o deputado federal Danilo Forte reassumiu o controle do PSB no Ceará. Mas, o também deputado federal Odorico Monteiro garante que

continua presidindo a legenda, uma vez que a direção nacional não lhe comunicou oficialmente.

Diante do impasse, que acontece desde que Danilo foi destituído do comando do partido pela executiva nacional e Odorico assumiu o chefia em maio deste ano, levando o caso à justiça, o PSB possui dois presidentes.

Odorico, reiterando o posicionamento da sigla contra o governo Michel Temer e as reformas trabalhistas e previdenciária, rebate a tese de retorno de Danilo.

Fora
Segundo o parlamentar, “essa é a terceira tentativa dele de retorno ao comando do partido e que a promessa, se existe, ainda não está consolidada”. E acrescentou: “nós, continuamos aguardando qualquer comunicado da área nacional, mas acredita que o assunto não se consuma, porque ele (Danilo) está negociando sua filiação ao DEM”. Somado a isso, Odorico frisou também que Danilo já está sendo considerado um parlamentar “fora do PSB”, até porque, segundo ele, “há muito tempo ele não trabalha em prol do partido”. Odorico também disse que continuará organizando a legenda visando as eleições do ano que vem.

Bastidores
“Seguindo exemplo do Estado do Mato Grosso, o partido irá recorrer da decisão aí no Ceará”, disse uma fonte que pediu reserva. Na última terça-feira (26), a cúpula do PSB esteve reunida e a destituição das comissões provisórias de quatro Estados, após votação da reforma trabalhista, foi debatida e, segundo esta mesma fonte, a decisão do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, foi referendada pelos presentes.

CCJ
Além disso, segundo informações divulgadas, o PSB anunciou a troca dos dois deputados da sigla, que votaram a favor de Michel Temer durante a primeiro denúncia, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Danilo, que apoiou o presidente na votação anterior, foi substituído por seu suplente. Além dele, o deputado Fábio Garcia (MT) também foi trocado.

Temer

Mas, ao jornal O Estado, Danilo Forte informou que, até o momento, a líder do PSB na Câmara, deputada Tereza Cristina (MS), não anunciou mudanças na CCJ. O parlamentar é membro da Comissão que irá votar a segunda denúncia contra Temer antes que ela chegue ao plenário. Entretanto, Danilo adiantou que, nos próximos dias, a líder do PSB deverá reunir a bancada para analisar o posicionamento em relação a denúncia contra o presidente.

E ainda
O deputado disse também que pediu desligamento da função de vice-líder do governo Michel Temer para, além de analisar “melhor” a denúncia, “criar um ambiente de diálogo interno”. E afirmou não acreditar na “desobediência” da sigla a decisão judicial. Inclusive, informou que, até agora, não foi notificado que o PSB tenha recorrido da determinação do desembargador do Tribunal de Justiça Eustáquio de Castro, do Distrito Federal. Ele disse, apenas, ter recebido a decisão do desembargador, que pode gerar multa a sigla em caso de descumprimento.
Com informações do OE/POLITICACOMK

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee