Pages

domingo, 24 de setembro de 2017

2018; O BOICOTE DOS DESESPERADOS

Por Rogerio Palhano   Postado  domingo, setembro 24, 2017   Sem Comentários

Depois de ter ficado contra a Constituição de 88 e o Plano Real, o PT quer agora boicotar as eleições do ano que vem, caso Lula não possa ser candidato.

Numa postura flagrantemente antidemocrática, o PT ameaça se recusar a ser submetido ao escrutínio popular em 2018.

O anúncio, sem sequer corar a face, coube a presidente da legenda e senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR): 

“Estamos denunciando que o impedimento de Lula seria uma fraude nas eleições. Vamos caminhar para o boicote se ele for impedido de ser candidato”

Gleisi não está só nesse haraquiri petista. O ex-secretário de comunicação da agremiação e deputado estadual paulista José Américo entoa o mesmo discurso que não coaduna com os princípios erguidos pela legenda em sua fundação: 

“A primeira hipótese é apelar ao STF (para Lula concorrer mesmo condenado em segunda instância). A segunda hipótese é de se boicotar as eleições. E aí vai ser uma convulsão social, um risco de guerra civil no País”.

Essa não é a primeira vez, no entanto, que o PT rema contra a maré da opinião pública, que espera as eleições de 2018 para derrotar os corruptos nas urnas, entre os quais Lula. Recentemente, os petistas votaram contra a PEC do teto dos gastos. 

Depois disseram “não” para a imperativa Reforma Trabalhista, ignorando a população de desempregados que chega a 14 milhões. Mas perdeu feio em ambas as disputas. Das três reformas, apenas as mudanças nas regras das aposentadorias ainda não há previsão de serem votadas no plenário da Câmara.

Mas andar na contramão não é incomum na história da sigla. Ela sabotou importantes projetos nacionais. Alguns casos ilustram essa conduta esquizofrênica. Em 1988, integrantes da sigla votaram contra a Constituição democrática, que foi escrita para colocar um fim ao ciclo de 21 anos de ditadura militar. 

Em 1992, o partido ficou de fora da aliança construída em torno de Itamar Franco, que assumiu para acabar com os desmandos do governo Collor. 

E, pior, em 94 sabotou o Plano Real, conjunto de medidas que acabou com a inflação e proporcionou a estabilidade econômica do País. Em 2000, a bancada no Congresso se opôs à Lei de Responsabilidade Fiscal.

A agonia de Gleisi se justifica. Recentemente, o ex-procurador Rodrigo Janot denunciou ao STF, por crime de organização criminosa, o quadrilhão do PT. Na relação estavam os principais quadros, como os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, além dela própria e de seu marido Paulo Bernardo. 

A situação mais complicada é de Lula, que também enfrenta outras oito denúncias. Esta semana, o juiz Wallisney de Oliveira, de Brasília, aceitou denúncia feita pelo MPF contra Lula no caso Zelotes. 

O ex-presidente é acusado de ter vendido, por R$ 6 milhões, uma Medida Provisória para favorecer a indústria automobilística. Ele virou heptaréu, um recorde negativo.

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee