Pages

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

TASSO DIZ QUE PSDB DEFENDERÁ ADOÇÃO DO PARLAMENTARISMO

Por Rogerio Palhano   Postado  sexta-feira, agosto 18, 2017   Sem Comentários


O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse que o partido irá defender a adoção do parlamentarismo a partir das eleições de 2022. A decisão foi
anunciada após reunião da executiva nacional da sigla em Brasília, na semana passada.

Na avaliação do tucano, o sistema evitaria crises políticas como a vivida atualmente pelo Brasil. E desta forma, o partido vai se empenhar nas discussões pela instituição do parlamentarismo no país, uma das principais bandeiras tucanas desde a sua fundação. Para o ex-governador do Ceará, a existência da figura do primeiro-ministro como chefe do governo teria grandes benefícios em relação ao atual sistema presidencialista.

“Hoje, nós estamos reprocessando o PSDB e, nessa linha, nós vamos voltar àquilo que foi parte do nosso programa inicial, que é o parlamentarismo, um sistema político muito mais eficiente do que esse para resolver problemas e impasses políticos, principalmente em relação à presidência da República. Se existe alguma dúvida, algum voto de desconfiança em relação ao presidente, que no caso seria o primeiro-ministro, se substitui sem danos à economia e sem maiores crises políticas”, ressaltou.

Já nesta quinta-feira (17), o PSDB divigou um vídeo de 10 minutos, onde faz críticas indiretas ao governo Michel Temer e defende com vigor a adoção do parlamentarismo no Brasil

O que é parlamentarismo?

É um tipo de regime político ou governo caracterizado por possuir um gabinete de ministros, que formam o parlamento. Todos os projetos, leis e demais decisões do governo estão submetidos a votação desse parlamento, em um sistema parlamentarista.

Em uma República Parlamentarista, o presidente da república é o responsável pela nação, enquanto que o controle do governo fica a cargo do primeiro-ministro, como é o caso de Portugal, por exemplo.

Um regime parlamentarista tem todo o poder concentrado no Parlamento. Os membros de um parlamento puro podem dissolver o governo executivo, se este discordar das decisões dos parlamentares.

O sistema parlamentarista pode ser usado tanto em monarquias como em repúblicas. Neste modelo, o chefe de Estado (rei ou presidente) não possui responsabilidades políticas. Este cargo é ocupado por um premier ou Primeiro-Ministro, que é indicado pelo chefe de Estado, por voto de confiança. Inglaterra, França, Alemanha e Irlanda são outros países parlamentaristas
.CNEWS

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee