Pages

quarta-feira, 12 de julho de 2017

CEARÁ;BANCO DO BRASIL OFERTA R$ 463 MILHÕES EM CRÉDITO PARA O PLANO SAFRA

Por Rogerio Palhano   Postado  quarta-feira, julho 12, 2017   Sem Comentários


O volume de crédito ao Estado mais do que o dobro do que o oferecido no ano passado no Estado. Banco do Brasil também anunciou redução nas taxas de juros.
O Banco do Brasil vai disponibilizar R$ 463 milhões para o Plano Safra 2017/2018 no Ceará, conforme divulgado ontem pela instituição. O volume de crédito é mais do que o dobro do ofertado no ano passado, R$ 200 milhões. Para todo Brasil, o montante de recursos chega a R$ 103 bilhões. 

Além disso, haverá redução de um ponto percentual nas taxas das principais linhas de custeio, investimento e comercialização e redução em dois pontos percentuais no Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro).

Do volume de recursos destinados ao Ceará, R$ 100 milhões são para a agricultura familiar, R$ 32 milhões para médios produtores rurais e R$ 331 milhões para a agricultura empresarial. Considerando as operações, serão destinados R$ 370 milhões para Custeio e Comercialização e R$ 93 milhões para Investimento.

De acordo com o superintendente do Banco do Brasil no Ceará, Castro Júnior, o aumento do aporte de crédito vem no embalo do bom momento do setor no País, que em junho alcançou safra recorde de 240,3 milhões de tonelada, e a melhora do cenário de chuvas no Estado. “A nossa perspectiva é fazer a contratação total, porque quando há recorde de produção no País, com preços positivos, o agricultor se anima para investir mais”.

Dos R$ 200 milhões ofertados no ano passado, foram desembolsados no Estado em torno de R$ 157 milhões na última safra 2016/2017 entre operações de custeio, investimento e comercialização. Um crescimento de mais de 10% no volume contratado em comparação com o ano anterior. No Ceará, o Banco do Brasil é o maior agente financeiro do agronegócio, respondendo por 80% da carteira. No País, esta média é de 60%.

O incremento na oferta de crédito do Plano Safra 2017/2018 chega a 30% no Brasil, no comparativo com o do ano passado, informou o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, em transmissão ao vivo no lançamento do programa no Estado.

Novas taxas

Custeio - demais produtores: 8,5% (antes era 9,5%)

Custeio - Pronamp, médios produtores: 7,5% (antes era 9,5%)

Investimento Pronamp, médios produtores: 7,5% (antes era 9,5%)

Comercialização: 8,5% (antes era 9,5%)

Programa Agricultura Baixo Carbono - ABC: 7,5% (antes era 8,5%)

Programa de Construção e Ampliação de Armazéns - PCA: 6,5% (antes era 8,5%)

Inovagro: 6,5% (antes era 8,5%)

Moderfrota: 7,5% a 10,50% (antes era de 8,5% a 10,5%)

Prodecoop: 8,5% (antes era 9,5%)

IRNA CAVALCANTE/OPOVO

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee