Pages

domingo, 8 de janeiro de 2017

CUIDADO;MAIS DE 23 MIL NOTAS DE DINHEIRO FALSAS FORAM APREENDIDAS NO CEARÁ EM 2016

Por Rogerio Palhano   Postado  domingo, janeiro 08, 2017   Sem Comentários


As cédulas de valor mais alto são o alvo preferido dos falsificadores, 21 mil cédulas de R$ 100 foram retidas.

Ao todo, 23.260 cédulas falsificadas foram apreendidas nos primeiros 11 meses de 2016, pelo Banco Central. Este total representa um aumento de 175% de notas falsas. As cédulas de valor mais alto são o alvo preferido dos falsificadores, 21 mil cédulas de R$ 100 foram retidas. A reportagem é da Tribuna BandNews FM.

De acordo com o servidor do Departamento do Meio Circulante do Banco Central, Marcelo Valadares, o resultado indica que a atuação de falsificadores, possivelmente agindo por meio de quadrilhas, está mais intensa no estado. “Esse acréscimo repentino denota a entrada no mercado de uma quadrilha botando o seu produto localmente no Ceará”, ressalta.

O total de apreensões representa um montante superior a R$ 2 milhões, segundo o Banco Central. O Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza ainda não fez o balanço da circulação de cédulas falsificadas, mas segundo o presidente do Sindlojas, Cid Alves, o impacto no setor é substancial.

Na contramão do resultado cearense, os índices de falsificação diminuíram em 13% no país. O aplicativo Dinheiro Brasileiro, disponível em Android ou IOS, identifica a veracidade da nota por comparação de imagem e mostra os elementos de segurança que devem ser observados.

Marcelo Valadares dá as principais dicas de como verificar se a cédula é falsa. “Primeira coisa: marca d’água. Segunda coisa que você pode verificar é algo que nós apelidamos de quebra-cabeça, quando vocês põem a nota contra a luz, você verifica que a imagem de um lado da cédula registra com a imagem do lado oposto. 

Esse registro que eu quero dizer é que as duas imagens se fundem e produzem uma terceira como resposta. Essa terceira imagem produzida é um número do valor da cédula”, esclarece Marcelo.

O dinheiro suspeito pode ser apresentado a uma agência bancária, que se encarregará de encaminhá-lo para análise pelo Banco Central.

A falsificação é crime previsto no Código Penal, com pena prevista de 3 a 12 anos de prisão. Quem colocar uma cédula falsa em circulação depois de tomar conhecimento de sua falsidade, mesmo que a tenha recebido de boa fé, pode ser condenado a uma pena de 6 meses a 2 anos de detenção.
TRIBUNADOCEARÁ

Sobre o autor

Adicione aqui uma descrição do dono do blog ou do postador do blog ok

0 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo ↑
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

© 2013 IpuemFoco - Rádialista Rogério Palhano - Desenvolvido Por - LuizHeenriquee